Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os Sabores da Maré

Os Sabores da Maré

30
Ago17

O Medo

Íris

Ter medo.... Eu tenho tanto medo, pavor até! Tenho medo do que não conheço, do que me deixa insegura. Tenho medo de me lançar para a frente e ficar sem rumo, completamente perdida como tem acontecido nos últimos tempos.

Tenho andado um pouco na corda bamba. Não sei bem o que fazer, não sei para onde me virar. Sabem, ajudava ter alguém que me compreendesse e que me dissesse, "Olha, o caminho é por ali, vai!". E eu ia.

Mas isso não existe e por mais que tente encontrar alguém que mo diga, nunca vai haver. 

Porque só eu me conheço. Eu sei que gosto de pontualidade, que sou de poucos amigos e afasto muito facilmente as pessoas. Gosto de amores duradouros, gosto da minha arrumação desarrumada e quando estou deprimida só a música me arrebita. E gosto e desgosto de tantas outras coisas...!

O medo vem acompanhado do nervosismo. E o nervosismo é o que estraga tudo.

Acaba por me corroer por dentro, até que entro em total desespero e só consigo chorar. E o choro limpa a alma. Revitaliza. Acalma. As mãos tremem, a voz gagueja e eu já não sei o que fazer, o que pensar...

E isto torna-se um ciclo vicioso, em que deixo de ter controlo sobre o meu corpo. Ele aje sozinho e eu fico sem mãos a medir. Agora o que faço? Continuo. Respiro fundo e enfrento. Só assim combato o medo, o nervosismo acalma e o choro acaba. 

Hoje a maré vai baixa, mas quem sabe o dia de amanhã...

Vamo-nos vendo por aí...

Íris

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D