Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Sabores da Maré

Cada maré tem o seu sabor, a sua intensidade. Vou provar todos os dias um bocado de cada uma e dir-te-ei todos os seus segredos.

Cada maré tem o seu sabor, a sua intensidade. Vou provar todos os dias um bocado de cada uma e dir-te-ei todos os seus segredos.

Os Sabores da Maré

30
Ago17

O Medo

Ter medo.... Eu tenho tanto medo, pavor até! Tenho medo do que não conheço, do que me deixa insegura. Tenho medo de me lançar para a frente e ficar sem rumo, completamente perdida como tem acontecido nos últimos tempos.

Tenho andado um pouco na corda bamba. Não sei bem o que fazer, não sei para onde me virar. Sabem, ajudava ter alguém que me compreendesse e que me dissesse, "Olha, o caminho é por ali, vai!". E eu ia.

Mas isso não existe e por mais que tente encontrar alguém que mo diga, nunca vai haver. 

Porque só eu me conheço. Eu sei que gosto de pontualidade, que sou de poucos amigos e afasto muito facilmente as pessoas. Gosto de amores duradouros, gosto da minha arrumação desarrumada e quando estou deprimida só a música me arrebita. E gosto e desgosto de tantas outras coisas...!

O medo vem acompanhado do nervosismo. E o nervosismo é o que estraga tudo.

Acaba por me corroer por dentro, até que entro em total desespero e só consigo chorar. E o choro limpa a alma. Revitaliza. Acalma. As mãos tremem, a voz gagueja e eu já não sei o que fazer, o que pensar...

E isto torna-se um ciclo vicioso, em que deixo de ter controlo sobre o meu corpo. Ele aje sozinho e eu fico sem mãos a medir. Agora o que faço? Continuo. Respiro fundo e enfrento. Só assim combato o medo, o nervosismo acalma e o choro acaba. 

Hoje a maré vai baixa, mas quem sabe o dia de amanhã...

Vamo-nos vendo por aí...

Íris

16
Ago17

Um Futuro Promissor

Por acaso alguma vez vos aconteceu, terem uma vontade imensa de dizer a quem está aí desse lado, o quão emocionante isto é? 

Esta talvez seja a minha milésima tentativa de ter um blog. Já experimentei vários, todos com as suas peculiaridades, mas nenhum que me agradasse de tal forma que eu pudesse dizer, É ESTE!

Agora estou aqui, a tentar mais uma vez, pra ver se resulta comigo também.

Eu quero escrever de tudo. Quero sonhar com todas as cores possíveis e imaginárias, quero escrever-vos pelo menos uma vez por semana ou quem sabe duas ou três. Eu quero fazer deste blog, uma miscelânia de assuntos. Estou anciosa por conhecer-vos e que me conhecam a mim, como eu sou e gosto de ser.

Pelo menos já sabem o meu nome, sou uma pessoa bastante curiosa, chata, adoro ler e escrever, atenciosa, preguiçosa, sonhadora. Já concluí o secundário, uma experiência desagradável, passei 1 ano na universidade, outra experiência entediante, mas mais tarde falo-vos sobre isto...

Hoje, é mais uma tentativa que faço pra que isto corra bem, e espero mesmo que corra bem! 

Bem Vindos a "Os Sabores da Maré"!

Vemo-nos por aí,

Íris

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D