Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Sabores da Maré

Cada maré tem o seu sabor, a sua intensidade. Vou provar todos os dias um bocado de cada uma e dir-te-ei todos os seus segredos.

Cada maré tem o seu sabor, a sua intensidade. Vou provar todos os dias um bocado de cada uma e dir-te-ei todos os seus segredos.

Os Sabores da Maré

21
Jan18

Ronha - Falta de vontade para fazer o que quer que seja

É domingo. É ronha.

Domingo significa não levantar o rabo da cama. Comer o pequeno almoço na cama, ver filmes dramáticos, românticos e tudo o que seja deprimente e ter uma grande caixa de gelado pra nos consolar. 

É mais um domingo de entre tantos outros que já passei.

Cada domingo é um domingo, mas este domingo dá cabo de mim.

É um domingo triste, está nublado lá fora. É frio.

É mais um domingo de mudança em que fico tão pensativa que ao fim ao cabo já nem sei se o que escrevo faz algum sentido.

Mas sabem uma coisa? É domingo e eu adoro domingos. 

Adoro-os quando sei que posso ficar aqui simplesmente na pasmaceira, sem fazer nenhum.

Detesto-os quando sei que amanhã começa mais uma semana e eu não arranjei emprego, ou que em breve me vou mudar e não tenho nada arrumado.

No fim de contas é um domingo que voa e nem dou pelo tempo passar.

Hoje, é domingo.

Domingo de trabalho.

 

17
Jan18

Sonhos de dois mil e dezoito

Tenho andado bastante ausente deste blog que no início tive muito carinho e dedicação em criar. Desleixei-me, tive outros projetos, enfim... O que é certo é que hoje é dia 17 de Janeiro de 2018!

Começamos mais um novo ano. E neste preciso momento apeteceu-me vir aqui só mesmo para conversar.

Sabem aquelas promessas todas que fazemos enquanto comemos as 12 passas durante os 12 primeiros segundos do ano? Pois é, eu bem as comi logo todas de seguida pedi o que a maior parte de nós pede. Amor, saúde, desafios, mais objetivos, felicidade...

Mas nem tudo o que pedimos se concretiza e este ano convém definirmos bem os nossos objetivos. Um dos meus objetivos que já venho a prometer durante vários anos e que ainda não tive coragem é sem dúvida alguma pertencer a um grupo de teatro. 

Sempre gostei, é um bichinho que tenho cá dentro. Portanto venho aqui, pedir-vos que me ajudem a descobrir um grupo amador que queira dar abrigo a mais uma sonhadora.

Enquanto isso, nunca desistam dos vossos sonhos por mais tontos que vos pareçam. Se faz sentido para vocês, lutem!

Vemo-nos por aí,

Íris

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D